Papai Noel não foi Legal

Uma mistura de raiva, decepção e tristeza é o que estou sentindo nesse momento por todos os idosos que ansiosamente aguardam por uma moradia digna. A tão esperada (desde 2009) Vila Dignidade de Mogi das Cruzes prometida pelo senhor prefeito Marco Bertaiolli para ser entregue hoje, inclusive com a presença do ilustre governador Geraldo Alckmin, não será entregue. Os idosos que fizeram inscrição e foram selecionados, são todos pobres, considerados miseráveis, ou seja, estão abaixo da linha de pobreza, sem família e aqueles que a possuem comprovadamente essas não tem como abrigá-los.

Já temos a lista, mas resolvemos não divulgá-la para não frustrar aqueles que foram selecionados, mas infelizmente ainda terão que passar mais um Natal no seu humilde barraco ou no relento considerando que alguns são idosos moradores de rua. Não sei se você leitor será capaz de avaliar minha decepção e dos demais membros da comissão responsável por essa nobre e árdua missão de selecionar esses idosos. Trabalhamos exaustivamente num curto espaço de tempo, movidos pela alegria de pensar naqueles que iriam receber nas vésperas do Natal, o presente dos sonhos, uma casa para morar, uma moradia digna, com moveis, agua, luz e até jardim. Pensamos na alegria desses idosos na noite de Natal, noite essa que não seria mais solitária pois teriam ali mais 21 pessoas que provavelmente iriam compartilhar da mesma alegria.

Que decepção, por incompetência, burocracia, burrice ou sei lá mais o quê , essas residências não poderão ser entregue. Empurraram com a barriga um muro de arrimo que obviamente não surgiu da noite para o dia e agora, somente agora, disseram que ele impede a entrega da obra e para variar ninguém (Estado e Munícipio ) quer assumir o custo desse muro.

Será necessário aguardar um período de 2 a 12 meses pois o caso já foi ou ainda irá para o jurídico e até que saia o famoso aditivo de contrato a obra que já está pronta inclusive pintada, terá que aguardar. Temos visto frequentemente nos noticiários obras e compras de governo mofando ou sendo invadidas pela população, será esse o destino da nossa Vila Dignidade? Publicamente duvidei da entrega dessa obra e por varias vezes iludida voltei a acreditar, e junto comigo muitos idosos alguns que provavelmente já nem estão mais entre nós também foram iludidos nesses 5 anos de espera. Papai Noel não foi legal para com nossos idosos e os responsáveis (irresponsáveis) dificilmente se lembrarão deles no conforto de suas casas na “Feliz Noite de Natal”

Juraci Fernandes de Almeida é vice-presidente do Conselho Municipal do Idoso